COP-27: Advogada Ambiental acompanha todas as discussões do setor

Publicado no dia 07/11/2022 às 15h20min
Samanta Pineda, advogada especializada em Direito Socioambiental, está acompanhando a 27º Conferência das Partes e reforça sobre o importante papel brasileiro de se tornar protagonista diante da Crise Energética que assombra todo o mundo

Entre os dias 06 e 18 de novembro, Sharm El-Sheikh, no Egito, será palco da 27º Conferência das Partes (COP), e a advogada especializada em Direito Ambiental, Samanta Pineda, está no país para acompanhar as discussões desta edição, que segundo ela, poderá fazer com que o Brasil seja um dos protagonistas da conferência.

“O Brasil é um país que tem grande chance de se colocar como protagonista da COP, afinal, nosso país tem a matéria prima que o mundo está precisando atualmente, que é a energia limpa”, diz Samanta Pineda, que também atuará como mediadora do painel sobre Mercado de Carbono, promovido pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), dentro do espaço da Confederação Nacional da Indústria (CNI), no stand do Brasil, no dia 14, às 10h (horário de Brasília).

Ainda segundo a advogada, é importante que nessas novas negociações, o Brasil apresente uma agenda climática nacional que esteja conforme a agenda global, independentemente da troca de Governo. “Precisamos discutir uma meta quantificada do financiamento climático e a adoção do plano de ação para a agricultura, nos mecanismos focados em adaptação, compensação e mitigação.”

O BRASIL E A COP-26
O Brasil é um país signatário do Acordo de Paris e, no ano passado, se comprometeu em auxiliar a reduzir 30% das emissões globais de metano até 2030. Um desafio ambicioso, segundo a especialista em Direito Ambiental, uma vez que o agronegócio brasileiro é a base para a obtenção desse resultado.

“No ano passado, nosso país conseguiu demonstrar diversas ações sustentáveis que já temos, como por exemplo, a adoção de matriz energética limpa e o cuidado no uso da terra. Agora é hora de posicionar o Brasil como a solução para o problema de crise energética que vem sendo enfrentada em todo o mundo”, afirma Samanta Pineda.
A advogada também explica que é possível dizer que o Brasil possui a solução para essa crise, pois somos um país pautado em energias renováveis e além de ser benéfico ao meio ambiente, é a porta de entrada para grandes empresas investirem em terras brasileiras.

“A energia do Brasil, é uma energia pautada em hidrelétrica, em energia eólica, solar, de biocombustível, bioenergia, de etanol e de hidrogênio verde, e em cada uma dessas ramificações de energias sustentáveis, temos uma capacidade gigantesca em crescer ainda mais. Precisamos que o mundo enxergue isso e que eles tragam suas indústrias para cá”, comenta a advogada, que reforça a importância da geração de emprego, benefício social e diminuição da pegada de carbono com a vinda de multinacionais para o país.
Sobre Samanta Pineda

Samanta Pineda é advogada especializada em Direito Ambiental e palestrante internacional em eventos da ONU, como Circuitos Urbanos e COP-26. Habilitada como coordenadora de Gestão Ambiental pela DGQ da Alemanha é professora de Direito Ambiental no MBA da FGV São Paulo e de Brasília, no INSPER/SP, na Fundação Escola Superior do MPRS e no IBDA (Faculdade CNA-Brasília). Sócia-fundadora do Pineda & Krahn Sociedade de Advogados, escritório especializado em Direito Socioambiental, com atuação nacional e internacional.

 

Fonte: Samanta Pineda, Sócia do Pineda & Krahn, e Erik Oioli, Sócio da VBSO Advogados

Populares

ÚLTIMAS

Cotações - Boi gordo

12 de julho de 2024 às 11:24:30

Cotações - Boi gordo ( Boi China )

12 de julho de 2024 às 11:23:00

Fale Conosco

RUA B 21 QUADRA 25 CASA 05 ITANHANGA UM CEP 75680 456 Caldas Novas/GO
(66) 9995-30168 | (64) 3453-5179 | (66) 99953-0168
contato@portalghf.com.br