RS: produtor terá que se organizar para plantar e manejar a soja com tantas chuvas

Tanto em outubro, quanto em novembro, o estado terá poucas janelas de tempo seco para manejar a cultura. Confira o boletim especial da editora do tempo do Canal Rural Pryscilla Paiva!

21 de outubro de 2019 às 07h41
Por Daniel Popov, de São Paulo

A frente fria que chegou ao Sul do país deve estacionar por lá e trazer dificuldades para a semeadura da soja, pelo menos no Rio Grande do Sul, que começou os trabalhos neste mês. A previsão do tempo mostra que até o fim de novembro poucas janelas de tempo seco estão previstas para o estado.


No Rio Grande do Sul o plantio da soja já começou e por lá não deve faltar chuvas. Em outubro a tendência é de chuvas constantes mas com volumes ainda razoáveis e pequenas janelas de tempo seco. Em novembro, no entanto, as precipitações devem ser bastante volumosas, atrapalhando as pulverizações.

Um dos municípios que já iniciou os trabalhos, Soledade, terá tantas instabilidades (em torno de 309 mm) que o produtor terá que se organizar bem para conseguir fazer o plantio, inicialmente e depois o manejo necessário entre as pequenas e rápidas janelas de tempo seco. Confira no vídeo a previsão para este município!

Em Santa Rosa, outro município que já iniciou a semeadura da soja, a previsão é a mesma, muitas chuvas com rápidas e pequenas janelas de tempo seco entre elas. Por lá são esperados 176 mm de precipitações acumuladas até o dia 20 de novembro. Confira no vídeo a previsão para este município!


Please follow and like us:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook20
Twitter
YouTube
Instagram