Milho: MS registra valorização de 130% no preço pago pela saca

Publicado no dia 14/06/2021 às 10h36min
Valor médio pago ao produtor é de R$ 85,75 por saca

O Estado de Mato Grosso do Sul registrou uma valorização que chega a 130% do preço pago pela saca de milho, em comparação com o mesmo mês em 2020. O valor médio pago ao produtor é de R$ 85,75 por saca, enquanto no ano passado se pagava R$ 37,29 por saca devido, principalmente à alta no mercado internacional. 

Os dados são do levantamento do Departamento Técnico da Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul (Famasul), e da Associação Brasileira dos Produtores de Soja de Mato Grosso do Sul (Aprosoja/MS). 

“Há a combinação de dólar valorizado e preços internacionais em alta, impulsionados pelo consumo mundial aquecido e a oferta ajustada, comportamento observado em todas as commodities agrícolas”, explica a analista técnica do Sistema Famasul, Eliamar Oliveira.

Segundo o levantamento, os preços do grão estão sustentados pela valorização no mercado internacional, e mesmo assim os vendedores e compradores estão cautelosos na comercialização, aguardando o resultado da safra.

“Um exemplo é que a comercialização antecipada do milho está praticamente inalterada em relação ao começo de junho, mostrando que os produtores estão com foco no acompanhamento das lavouras. A comercialização do milho 2ª safra atingiu 40,08%”, acrescenta.

De acordo com a analista, mesmo que a arroba registre altos patamares, não significa que o produtor está recebendo esses valores, tendo em vista que há uma escassez de estoques de milho junto ao produtor neste momento.

“A conjuntura está favorecendo a remuneração, porém o cenário foi desfavorável no início do plantio com custos de produção mais elevados, semeadura fora da janela ideal e fatores climáticos negativos. Os altos custos e perda de produtividade na lavoura reduzem a lucratividade do produtor e impactam na rentabilidade do investimento”, explica.

Mercado Externo

O Mato Grosso do Sul é o segundo estado do país no ranking de comercialização do milho junto ao mercado internacional, com exportação de 451 mil toneladas. Os cinco principais compradores do grão de MS totalizam 75,75% da receita com exportações do cereal e valor de US$ 61,5 milhões. Egito, Malásia, Peru, Taiwan e Coreia do Sul são os principais destinos.

 

Com informações Famasul / Foto de capa: Claudio Neves

Fonte: Com informaes Famasul

Fale Conosco

RUA B 21 QUADRA 25 CASA 05 ITANHANGA UM CEP 75680 456 Caldas Novas/GO
(66) 9995-30168 | (64) 3453-5179 | (66) 99953-0168
contato@portalghf.com.br