A que se deve a crise de estoques dos agroquímicos?

Publicado no dia 09/07/2024 às 16h38min
Tudo começou na pandemia

Tradicionalmente, a indústria estava acostumada a ciclos de demanda com crescimento de um dígito baixo - Foto: inpEV

A indústria de agroquímicos enfrenta uma crise de estoques sem precedentes, conforme revelado por um relatório recente do Rabobank. Iniciada nos primeiros dias da pandemia de Covid-19, esta crise tem suas raízes em uma série de eventos que desencadearam sinais desiguais de oferta e demanda ao longo de uma cadeia de suprimentos cada vez mais complexa e fragmentada.

Tradicionalmente, a indústria estava acostumada a ciclos de demanda com crescimento de um dígito baixo. No entanto, em 2020 e 2021, testemunhou-se um crescimento anual na demanda global por volume de cerca de 9%, impulsionado principalmente pelo aumento dos preços das commodities agrícolas e pela expansão das áreas cultivadas. Esse crescimento robusto, combinado ao temor de escassez de suprimentos, resultou em uma aceleração das exportações dos principais mercados produtores de agroquímicos, especialmente da China, até 2022.

No entanto, o segundo semestre de 2022 e o ano de 2023 trouxeram consigo inflação nos preços dos produtos e um ciclo de demanda em declínio, culminando em um congestionamento da cadeia de suprimentos global com estoques elevados e de alto custo. Esta situação levantou preocupações significativas sobre a liquidez ao longo da cadeia de valor, com os estoques remanescentes demorando para serem absorvidos pelo mercado. A concentração na redução de estoques no canal varejista e os impactos nos principais produtores de agroquímicos têm sido temas centrais de discussão, enquanto os mercados da América do Norte, América do Sul e Ásia enfrentam resoluções desiguais deste problema.

À medida que a indústria trabalha para resolver os desafios imediatos, o Rabobank destaca a importância de aprender com esta crise para evitar recorrências no futuro. Adotar práticas que fortaleçam a resiliência da cadeia de suprimentos e a capacidade de resposta a flutuações abruptas na demanda será crucial para mitigar os impactos de crises semelhantes.

AGROLINK - Leonardo Gottems
COMPARTILHE: 

Fonte: Agrolink

Populares

ÚLTIMAS

Cotações - Boi gordo

12 de julho de 2024 às 11:24:30

Cotações - Boi gordo ( Boi China )

12 de julho de 2024 às 11:23:00

Fale Conosco

RUA B 21 QUADRA 25 CASA 05 ITANHANGA UM CEP 75680 456 Caldas Novas/GO
(66) 9995-30168 | (64) 3453-5179 | (66) 99953-0168
contato@portalghf.com.br