Soja: plantio nos EUA chega a 9%, contra 32% em 2018

Semeadura também segue atrasada em relação a média dos últimos cinco anos, de 29%. De acordo com o USDA, na semana anterior, o plantio estava em 6%

Foto: Dale Portz / Arquivo Pessoal

O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) divulgou nesta segunda-feira, dia 13, o relatório sobre a evolução de plantio das lavouras de soja. Até o último domingo, 12, a área plantada estava apontada em 9% contra 32% em igual período do ano passado. O volume também segue atrasado em relação a média dos últimos cinco anos, de 29%. Na semana anterior, o avanço estava em 6%

Milho

O departamento também divulgou dados sobre a evolução das lavouras de milho. Até 12 de maio, a área plantada estava estimada em 30%. Em igual período do ano passado, o número era de 59%. A média para os últimos cinco anos é de 66%. Na semana passada, o percentual era de 23 pontos.

Causas

O analista de mercado da consultoria AgResource Tarso Veloso explica que o tempo no país continua excessivamente úmido, o que tem prejudicado os trabalhos de campo dos produtores norte-americanos. “O problema nem é lavoura destruída, mas sim a janela de plantio se fechando. O milho geralmente tem até o final de junho, dependendo de cada estado obviamente”, comentou.

O produtor Dale Portz, que mora na cidade de Spragueville, em Iowa (EUA), conta que os trabalhos em sua propriedade continuam parados por conta da chuva, o que tem impossibilitado o avanço das máquinas no campo.

0 Compart.