Maior oferta de boiadas e consumo calmo

por Pâmela Andrade

 

Foto: Scot Consultoria

O consumo está aquém do esperado e a maior oferta de boiadas pressionou para baixo a cotação da arroba do boi em quatro regiões nesta quinta-feira (9/5), apesar da semana de recebimentos dos salários e do Dia das Mães.

No Noroeste do Paraná, a desova de boiadas refletiu em queda de 0,7% frente ao último fechamento, o que significa R$1,00/@ a menos.

No Pará, as praças de Marabá e Paragominas também fecharam o mercado com quedas de 0,7% e 0,3%, respectivamente. As chuvas em menor volume em algumas regiões do estado permitiram o embarque e o transporte do gado, aumentando a oferta.

Em contrapartida, no Norte do Tocantins, a oferta não tem sido suficiente para suprir a demanda e a cotação subiu 0,4% na comparação dia a dia.

Em São Paulo, apesar de estabilidade dos preços, há indústrias ofertando preços abaixo das referências. As programações de abate atendem, em média, seis dias.

0 Compart.