Últimas Notícias
Capa / Economia / Confiança de serviços no Brasil sobe em agosto pela 2ª vez, mas cautela prevalece, mostra FGV

Confiança de serviços no Brasil sobe em agosto pela 2ª vez, mas cautela prevalece, mostra FGV

SÃO PAULO (Reuters) – O Índice de Confiança de Serviços (ICS) do Brasil avançou em agosto pela segunda vez consecutiva com melhora das expectativas e redução das incertezas políticas, embora a cautela ainda prevaleça em relação ao investimento.

Os dados divulgados nesta quarta-feira pela Fundação Getulio Vargas (FGV) mostram que o ICS avançou 0,3 ponto e foi a 83,2 pontos neste mês.

Porém, com a alta de 1 ponto vista em julho, o índice recuperou em dois meses apenas metade da queda 2,8 pontos observada em junho, quando a confiança foi afetada em cheio pela intensa crise política com apresentação de denúncia contra o presidente Michel Temer.

“Há um certo consenso de que o cenário instável em relação ao ambiente político vem aumentando a incerteza e retardando as decisões de investimento e consumo dos agentes econômicos”, disse a FGV em nota.

Os dados coletados pela FGV, entretanto, mostram que nos últimos dois meses houve redução do sentimento negativo entre as empresas de serviços quanto à cena política.

“É razoável supor que a continuidade da diminuição da tensão no ambiente político venha a contribuir para a manutenção do sinal positivo no índice de confiança nos próximos meses”, disse o consultor do FGV/IBRE Silvio Sales em nota.

A melhora do ICS em agosto foi ancorada na alta de 0,9 ponto do Índice de Expectativas (IE-S) para 88,3 pontos, com melhora do quesito demanda prevista.

Já o Índice da Situação Atual (ISA-S) teve queda de 0,3 ponto, para 78,3 pontos, pressionado pelo recuo do indicador volume de demanda atual.

Os dados seguem a melhora das confianças da construção e da indústria em agosto apuradas pela FGV.

(Por Thaís Freitas)

Sobre portalghf