Últimas Notícias
Capa / Logística / Déficit de armazenagem deve chegar a 38 milhões de toneladas em MT

Déficit de armazenagem deve chegar a 38 milhões de toneladas em MT

Embora lidere a produção agrícola do Brasil, somando 25% de toda a safra de grãos, Mato Grosso ainda enfrenta problemas com o recolhimento de soja e milho. No último ano, em paralelo aos recordes nas lavouras, também foi registrado o maior déficit de armazenagem da história e o Estado, que colheu 62 milhões de toneladas, amargou a insuficiência de estocagem para pelos menos 25 milhões deste total. Os dados são do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea).

Considerando a margem de segurança da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO), que é de 20% em cima de tudo que se produz em grão, o déficit deve aumentar 38 milhões em Mato Grosso. O cenário se repete Brasil afora. Atualmente o país tem capacidade para estocar até 157,6 milhões de toneladas, o que significa dizer que falta espaço para estocar mais de 32% do que foi colhido no país, cerca de 75 milhões de toneladas.

Isto deve-se ao fato do descompasso no crescimento da produção, que ocorreu muito além da capacidade de armazenamento. A solução para este problema começa a ganhar corpo com a adoção de sistemas como +Safra, por exemplo. Oferecido pela empresa Agromexport Brasil, ele promove a implantação de unidades completas de medição, processamento e armazenagem dentro das fazendas.

Leia a notícia na íntegra no site Olhar Direto.

Fonte: Olhar Direto

Sobre portalghf