Últimas Notícias
Capa / Agricultura / Argentina: apesar da seca, milho e soja vêm com bom desenvolvimento em Córdoba

Argentina: apesar da seca, milho e soja vêm com bom desenvolvimento em Córdoba

Apesar da falta de água, os cultivos da safra de verão continuam seu desenvolvimento em bom estado na província de Córdoba, Argentina, segundo dados da Bolsa de Cereais local. O milho está sofrendo mais com o estresse hídrico e o calor do que a soja.

No caso da soja, dos 4.150.000 hectares estimados para a safra 2017/18, 49% (2.033.800) correspondem a plantios precoces. 82% se encontram em estado vegetativo, enquanto 18% iniciam a floração.

Embora tenham sido registrados casos de estresse térmico (baixa e média incidência) no norte e de estresse hídrico no centro e sul (baixa e média incidência), o estado geral em 93% do cultivo é de “bom” a “muito bom”.

Dos 2.393.800 hectares projetados para o milho, 33% (782.600) correspondem a plantios precoces e 48% deste segmento está em estado vegetativo, enquanto o restante passa pelo período crítico (15 dias antes e 15 dias depois da floração). Nesta etapa se determina o número de grãos, variável mais importante na definição do rendimento.

A Bolsa indica que o calor e as escassas reservas hídricas no solo podem produzir abortos florais, influenciando negativamente no desenvolvimento do cultivo.

A falta de chuvas na segunda quinzena de dezembro impactou negativamente, principalmente ao milho preoce, já que essa cultura necessita mais de água do que a soja. Comparada com a quinzena anterior, a porcentagem que se encontra em condição “boa” e “regular” aumentou 13%, em detrimento de “muito bom”.

Tradução: Izadora Pimenta

Sobre portalghf